R$ 40,97
Amazon.com.br

O Bom Filho

R$ 40,97
Amazon.com.br
as of janeiro 23, 2023 11:47 am

[Resenha] O Bom Filho

No lado oriental do planeta, que começa a invadir nossas livrarias com mais traduções, o suspense e o terror têm um tom bem diferente do que estamos acostumados. A cultura deles é bem distinta e as experiências de vida, pra bem ou mal, passam bem longe do nosso cotidiano. Os dramas humanos são mais frios, profundos e bem insensíveis. Nesse universo, que me seduziu com Battle Royale, um dos melhores do gênero na minha opinião, a sul-coreana You-jeong Jeong despontou com O Bom Filho, obra que avança nos caminhos da maldade na transição entre infância e adolescência.

Jovem nadador com um futuro brilhante, Yu-jin vê sua carreira interrompida pela epilepsia. Numa manhã qualquer desperta sentindo cheiro de sangue. Tudo indica que tenha sofrido um ataque epiléptico, mas, ao percorrer o apartamento, encontra o corpo da mãe.

Aos poucos, sua memória vai voltando, e ele lembra de tê-la ouvido chamar seu nome, embora não saiba se ela pedia ajuda ou se tentava salvar a própria vida. Começa assim a busca desesperada para esclarecer o que ocorreu, mas o passado esconde armadilhas mais tenebrosas do que ele pode prever. (Resenha: O Bom Filho – You-jeong Jeong)

Diversos autores já se debruçaram sobre essa psicopatia em crianças. Menina Má ou A Fábrica de Vespas, por exemplo, abordaram a maldade já intrínseca à natureza humana. Por outro lado, temos um conceito, que não me seduz muito, de que as pessoas também são fruto do meio em que se encontram.

Ou seja, podem ser influenciadas pelo ambiente em que vivem ou são criadas. Isso tanto valeria para uma criança quanto para um adolescente ou adulto. Difícil chegar a conclusões, mas fato que a literatura produziu algumas de suas melhores histórias de suspense, terror ou tensão a partir da investigação da maldade na “inocência” infantil.

Em O Bom Filho, somos tragados por uma narrativa em primeira pessoa que é praticamente impossível de largar. O jovem Yu-Jin precisa descobrir quem matou sua mãe. Terá sido ele o autor do crime ou alguém invadiu o apartamento?

A partir de um diário com anotações que a mãe fazia sobre ele, Yu-Jin mergulha num turbilhão de memórias que passeiam entre um passado nebuloso e um presente cheio de lacunas. São essas lacunas que vão leva-lo à verdade não só sobre o crime, mas sobre quem realmente ele é. Mais do que um suspense, o livro é um drama humano carregado de tensão, traumas e conflitos familiares capazes de destruir qualquer laço de afeto ou sentimento.

Apesar do abuso no detalhamento, o que faz a narrativa ficar extensa demais, O Bom Filho é um exercício de psicologia, talvez amadora, sobre os impactos que a criação do pais e o controle opressivo materno podem ter na vida futura dos filhos. Ao mesmo tempo, como só temos a versão de Yu-Jin dos fatos, o livro deixa a sensação de que podemos estar sendo manipulados por uma mente doentia, psicótica e totalmente ciente dos atos que está cometendo. Afinal, a epilepsia do garoto escondia algo a mais? Seu passado esconde uma criança má por natureza ou ele foi moldado a partir dos anos? Quem é o culpado de tudo que está acontecendo nesses três dias em que a vida familiar desmorona?

Entrar nas minhas conclusões é praticar o violento crime do spoiler, mas a construção do personagem Yu-Jin é fascinante e a autora consegue nos colocar integralmente em sua mente, pensamentos, conflitos internos e atos insanos. Até chegar ao desfecho, em que sua verdadeira essência vem à tona, ainda ficamos nadando no escuro, para usar uma comparação pertinente ao personagem, em diversas passagens. Dando ora créditos a ele, ora duvidando de seus sentimentos.

O Bom Filho conseguiu a façanha de, por ser um livro extenso, dominar totalmente a minha atenção e me fazer devorar suas páginas até a conclusão. Costumo ler mais de um livro ao mesmo tempo e este foi um dos raros momentos em que me entreguei totalmente à história. Porque há qualidade na escrita. Ela é envolvente e sabe fisgar direitinho nossa atenção. É um excelente livro para exercitarmos nossos pensamentos sobre a natureza dos atos humanos e tentarmos responder: a maldade já está em nós ou ela é desenvolvida com o tempo?

Price History for O Bom Filho

Statistics

Current Price R$ 40,97 janeiro 23, 2023
Highest Price R$ 42,00 novembro 17, 2022
Lowest Price R$ 40,97 novembro 22, 2022
Since novembro 17, 2022

Last price changes

R$ 40,97 novembro 22, 2022
R$ 40,98 novembro 21, 2022
R$ 42,00 novembro 17, 2022

O Bom Filho

R$ 40,97
Amazon.com.br
as of janeiro 23, 2023 11:47 am

Price History for O Bom Filho

Statistics

Current Price R$ 40,97 janeiro 23, 2023
Highest Price R$ 42,00 novembro 17, 2022
Lowest Price R$ 40,97 novembro 22, 2022
Since novembro 17, 2022

Last price changes

R$ 40,97 novembro 22, 2022
R$ 40,98 novembro 21, 2022
R$ 42,00 novembro 17, 2022